almanaque silva

Ícone

histórias da ilustração portuguesa

Carlos Carneiro

Porto, 1900-1971
retrato 1933 index
COLECIONÁVEL / LENDAS DE PORTUGAL

1963
Lenda da porta de Arronches, in Lendas de Portugal II, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 2 il. 2 cores.
Lenda das chaves do castelo de Coimbra, in Lendas de Portugal II, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 3 il. 1 e 2 cores.
Lenda do juramento do condestável, in Lendas de Portugal II, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 1 il. 4 cores, 2 il. 2 cores.
Lenda da maldição de Naubea, in Lendas de Portugal II, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 3 il. 2 cores.
1964
Lenda do castelo de Alcoutim, in Lendas de Portugal III, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 2 il. 1 cor.
1964
Lenda da campainha de bronze, in Lendas de Portugal III, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 1 il. 4 cores, 2 il. 1 cor.
Lenda do abismo dos encantados, in Lendas de Portugal III, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 2 il. 1 cor.
Lenda da conquista do pé nela, in Lendas de Portugal III, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 3 il. 2 cores.
1965
Lenda das cinco badaladas, in Lendas de Portugal IV, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 2 il. 2 cores, 1 il. 1 cor.
Lenda de frei Gil de Santarém, in Lendas de Portugal IV, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 1 il. 4 cores, 1 il. 2 cores, 1 il. 1 cor.
Lenda das margaridas de Nossa Senhora, in Lendas de Portugal IV, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 3 il. 1 cor.
Lenda da estranha visita, in Lendas de Portugal IV, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 3 il. 1 cor.
1966
Lenda das casas de Zimbra, in Lendas de Portugal V, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 2 il. 2 cores.
Lenda da ponte do beijo, in Lendas de Portugal V, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 1 il 4 cores, 1 il. 2 cores, 1 il. 1 cor.
Lenda das rosas de Rosais, in Lendas de Portugal V, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 2 il. 2 cores.
Lenda de Leandro e de Elena, in Lendas de Portugal V, por Gentil Marques. Porto: Editorial Universus. 2 il. 2 cores.

LIVROS
1927
Gondar, Fernando de, O Côrvo de S. Francisco. Porto: Livraria de Fernando Machado  & C.a. Capa 1 il. a preto, miolo 1 il. a preto.
Carlos Carneiro o corvo de s. francisco 1927
1929
Cabral, Oliveira (versos), Cabreira, Estefânia (música), Toca a Brincar!, Biblioteca dos Pequeninos n.º 25, Empresa Nacional de Publicidade, capa 4 cores, 30 il. 1 cor. (juntamente com António Carneiro)
Campos, Leonor de, Toca a Brincar!, Biblioteca dos Pequeninos n.º 25, Empresa Nacional de Publicidade, capa 4 cores, 48 il. 1 cor.
1930
Leite, Serafim, Iluminuras. Edição da revista Brotéria, Lisboa, capa 2 cores, 11 il. 1 cor.
Bartolomei, Condessa Clara, Piupi e o gato sábio, Biblioteca dos Pequeninos n.º 29, Empresa Nacional de Publicidade, capa 4 cores, 31 il. 1 cor.
Lima, J. da Costa, A acção missionária dos jesuítas portugueses, Porto, capa 1 cor.
1931
Alguns Contos de Andersen, trad. Lisa Tilberg e Ana de Castro Osório. Lisboa: Parceria António Maria Pereira, 1931. Capa 1 il. 1 cor, miolo 36 il. 1 cor.
Carlos Carneiro alguns contos de andersen
1932
Miriam, Herói de palmo e meio, Biblioteca dos Pequeninos n.º 47, Empresa Nacional de Publicidade, capa 4 cores, 27 il. 1 cor.
1939
Cabreira, Estefânia (música), Cabral, Oliveira (letras), Cantares de Portugal, Porto: Domingos Barreira, capa 2 cores, 33 il. 1 cor.
1945
Contos Macuas. Cucujães, Série Romântica, n.º 9. Sociedade Portuguesa das Missões Católicas Ultramarinas. Capa 1 cor, 28 il. 1 cor
1958
Queirós, Maurício de, Dom Nuno. Colecção verdades Maravilhosas n.º 3. Lisboa: Livraria Figueirinhas. Capa 1 il. 4 cores. Miolo 14 il. a preto, 4 il. a 4 cores, 6 vinhetas 1 cor.
1963
Queirós, Maurício de, A História Linda de Portugal. Coleção Verdades Maravilhosas, n.º 2. Lisboa, Porto: Figueirinhas. Capa 1 il. 4 cores, interior 6 il. 4 cores, 30 il. 1 cor.
contos macuas 1945
Carlos Carneiro, Dom Nuno, 1958
PERIÓDICOS / MAGAZINE BERTRAND
1929
Magazine Bertrand nº 28, abril, “A alma das coisaspor Maria Reis.
Magazine Bertrand nº 30, junho, “O veneno do amorpor Fernando de Pamplona.
Magazine Bertrand nº 31, julho, “Boneca de trapospor Fernando de Pamplona.
Magazine Bertrand nº 32, agosto, “Boneca de trapos” (conclusão)por Fernando de Pamplona.
1930
Magazine Bertrand nº 37, janeiro 1930, “Idílio em terras de Áfricapor Maria Reis.
Magazine Bertrand nº 38, fevereiro 1930, “Invocação” por Novais Teixeira; “Idílio em terras de África” (cont.)por Maria Reis.
Magazine Bertrand nº 40, abril 1930, “Estroinices oftálmicaspor Fernando de Pamplona; “Idílio em terras de África” (cont.)por Maria Reis.
Magazine Bertrand nº 41, maio 1930, “História de uma carta azulpor Fernando de Pamplona.
Magazine Bertrand nº 42, junho 1930, “Idílio em terras de África” (cont.)por Maria Reis.
Magazine Bertrand nº 43, julho 1930, “Idílio em terras de África” (cont.)por Maria Reis.
Magazine Bertrand nº 44, agosto 1930, “A vocação da viuvezpor Fernando de Pamplona.
Magazine Bertrand nº 45, setembro 1930, “Idílio em terras de África” (conclusão)por Maria Reis.
Ilustração n.º 115, 1 outubro,“Espinho, a praia ibérica”, por Guedes de Amorim.
Magazine Bertrand nº 46, outubro 1930, “O segredo da Senhora Felisminapor A. Morais Palmeiro.
Magazine Bertrand nº 47, novembro 1930, “O drama da esfingepor Fernando de Pamplona.
1931
Magazine Bertrand nº 50, fevereiro, “A desforra do ciúmepor Fernando de Pamplona.
Magazine Bertrand nº 51, março, “Os demónios verdespor Fernando de Pamplona.
Magazine Bertrand nº 52, abril, “Complicações sentimentaispor Fernando de Pamplona.
PERIÓDICOS / CIVILIZAÇÃO
1928
Civilização, n.º 6, dezembro, “Noite de Natal” por João Grave.
1931
Civilização, n.º 33, março, “O pregão das almas” por Manuel Boaventura.
Civilização, n.º 35, maio, “A lâmpada apagada” por Virginia Lopes de Mendonça.
Civilização, n.º 36, junho,“O triste fim de três fidalgos” por Zuzarte de Mendonça; “A declaração” por Henry Bataille
Civilização, n.º 38, agosto, “Uma carta de Soror Mariana” por Severo Portela.
Civilização, n.º 39, setembro, “Uma actriz que nunca conseguiu gravar discos” por Ascenção Barbosa; “Estigmas de beleza”, por Visconde de Vila-Moura.
Civilização, n.º 41, novembro, “As pègadas do lobo” por Augusto de Angelis.
Civilização, n.º 42, dezembro, “Extracção sem dôr” por Claudio Gevelli.
1932
Civilização, n.º 43, janeiro, “A Farrrusca sabe!” por  Phillips Oppenheim.
Civilização, n.º 44, fevereiro,“A vingança do infante” por José Agostinho.
Civilização, n.º 46, março,“A mulher que reduziu o mendigo à miséria” por Jean Neruda; “O assassino falou” por Guedes de Amorim; “Soalheiro elegante” por Luiz Trigueiros.
Civilização, n.º 48, junho, “As cartas da morta” por Jorge de Altamira; “No paiz dos moínhos” por Yolanda de Yonville.
Civilização, n.º 49, julho,Justiçapor Henrique Luso
Civilização, n.º 50, agosto,“Linha quebrada” por Augusto da Costa.
Civilização, n.º 51, setembro, “Apolo” por Visconde de Vila-Moura; “Um dia de festa” por Gabriel Faure.
Civilização, n.º 52, outubro, “Durga a deusa da vingança” por um oficial de marinha.
1933
Civilização, n.º 58, abril, “O comboio das 9 e 30” por Tomaz Ribeiro Colaço.
Civilização, n.º 60, junho, “Cavalarias de África” por Carlos de Passos.
Civilização, n.º 62, outubro, “Caprichos” por Nelly; “Os zelos do Senhor Garón” por Pierre Billotey.
1934
Civilização, n.º 66, março,“A testemunha oculta” por Garnett Radcliffe.
Civilização, n.º 67, abril, “A campainha” por José Magro; “O conto humorístico” por José D’Artimanha.
Civilização, n.º 68, maio, “Uma história do sertão africano” por Hugo Rocha.
Civilização, n.º 70, setembro, “O desafio” por Matthew-Brett.
1935
Civilização, n.º 76, abril, “Como ela se convenceupor Odette de Saint-Maurice.
Civilização, n.º 79, julho,“A mancha de tinta” por Phillips Oppenheim.
Civilização, n.º 81, julho, Capa.
1936
Civilização, n.º 89, maio, “A voz que deslumbrou” por Aleixo Ribeiro.
PUBLICIDADE
O casamento do Pinóca, brochura. Conto de Alberto Correia. Sociedade dos Tecidos Nobilis, LDA – Porto, 1943. Capa 1 il. 4 cores, 20 il. 4 cores.
O Velho Porto, brochura. Instituto do Vinho do Porto, 1944. Capa/contracapa 2 il. 4 cores, 1 il. 4 cores.
Saibam Quantos, brochura. Texto de Alberto Correia. Sociedade dos Tecidos Nobilis, LDA – Porto, 1954. 16 cores, 1 il. 1 e 2 cores.
BIBLIOGRAFIA
Revista Alma Nova nº 5, IV série, 15 maio 1926, [Nota sobre exposição e autoretrato].
Civilização, n.º 33, março 1931, [Retrato].

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Visitas

  • 373,446

Posts

%d bloggers like this: