almanaque silva

Ícone

histórias da ilustração portuguesa

Bela e perigosa

A maldição veio do Inferno, n.º 1, 1 março 1976 (original)

A Revolução de Abril de 74 abriu as portas ao trash erótico e humorístico em Portugal. Em Março de 1976, a editora Portugal Press de Roussado Pinto (Lisboa, 1926-Lisboa, 1985) lança a revista Zakarella, de 36 páginas. Apresentava um sortido de histórias de terror de valor irregular, provenientes da americana Creepy, da editora Warren, com pepitas do calibre de um Frank Frazetta ou de um Esteban Maroto e muito terror pelintra. A justificar o nome, esta versão lusa da americana Vampirella, tinha um conto de Ross Pynn (o mesmo Roussado Pinto). Por ironia do destino, outra consequência de Abril liquidou a revista ao número 28. O Banco de Portugal não autorizou a Portugal Press a pagar em divisas os direitos de publicação das histórias da Warren com a justificada precisão dos dólares para importar bens de primeira necessidade.

Zakarella é uma renegada, em fuga de um Inferno terrestre governado por um cruel Satã. Teletransportada directamente para Lisboa, ignorante da malvadez e lascívia lusitanas, a ingénua Zakarella sujeita-se às mais bizarras sevícias sexuais saídas da caneta delirante de Roussado e apimentadas com as carnes voluptuosas, adereços fálicos, monstros infernais e fluidos pútridos do pincel de Carlos Alberto Santos (Lisboa, 1933). Anatomista precioso, o prolífico ilustrador da história heróica de Portugal em coleções de cromos e de infinitas capas para aventuras em cenários de crime, guerra e faroeste da Agência Portuguesa de Revistas, pinta laboriosas composições a guache e tinta da china para esta capitosa morena de curvas estonteantes e indumentária mínima, que tem o feliz poder de regenerar o seu corpo após toda a casta de malandrins e bicharada lho arrancar literalmente aos pedaços. A história acaba invariavelmente numa orgia de sangue e horror, a contento do amo Satã e dos leitores da revista, que ainda hoje suspiram por este pecadilho juvenil.

Os homens de sangue frio, n.º 2, 15 março 1976

A maldição veio do Inferno, n.º 1, 1 março 1976

...E os ratos possuíram-na, n.º 3, 15 abril 1976

Luxúria no fundo do mar, n.º 7, 15 junho 1976

No sangue vive o amor, n.º 17, 1 fevereiro 1977

Os homens de sangue frio, n.º 2, 15 março 1976

...E os ratos possuíram-na, n.º 3, 15 abril 1976 (original)

A lava sensual, n.º 4, 1 maio 1976 (original)

O rapto de Zakarella, n.º 18, 1 março 1977 (original)

Fontes

http://www.historia.com.pt/CarlosAlberto (originais das capas)

http://zakarella.blogspot.com

Zakarella n.º 28, março 1978

Carlos Alberto Santos, Exposição-Homenagem, Leonardo de Sá e João Manuel Mimoso, edição BD Amadora, 2005

Filed under: Carlos Alberto Santos, Zakarella, , , ,

2 Responses

  1. Pedro Amaral diz:

    isto sim!

  2. […] 1976 ilustra os contos de Zakarella de Roussado Pinto para a revista homónima,  no final da década de 80 ilustra a história curta […]

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Visitas

  • 259,732

Posts

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 1.049 outros seguidores

%d bloggers like this: